28 de mar de 2014

Cirurgia de Pálpebras













A aparência dos olhos é importante nas relações interpessoais. A partir da terceira década de vida, alterações marcantes ocorrem nesta região, podendo levar a uma aparência mais envelhecida e cansada, além da possível interferência sobre a visão. A pele das pálpebras torna-se mais flácida e fina, fazendo com que a estrutura óssea subjacente fique mais evidente e a gordura contida nas bolsas palpebrais tende a se projetar para fora. Estes fatores resultam num desequilíbrio entre os olhos e o contorno dos tecidos da face. A cirurgia das pálpebras, ou blefaroplastia, é um procedimento capaz de corrigir estes sinais, visando suavizar a transição entre os olhos e a estrutura óssea adjacente.

A cirurgia das pálpebras é realizada através de incisões localizadas nas linhas naturais das pálpebras: nas dobras das pálpebras superiores e logo abaixo dos cílios, nas pálpebras inferiores. Estas incisões podem ser prolongadas, quando necessário, para dentro das rugas, no canto externo dos olhos. Após incisar a pele, o cirurgião separa a pele da musculatura e gordura subjacentes, retira o excessos das bolsas palpebrais e remove as áreas de músculo e pele flácidos.

Cirurgia da Face













A cirurgia da face, ou ritidoplastia, tornou-se um dos procedimentos mais populares da especialidade graças ao surgimento de técnicas novas e a grande melhora na qualidade dos resultados. O objetivo desta cirurgia é atenuar os efeitos do tempo, gravidade, exposição solar e stress do cotidiano sobre a face, que resultam no aparecimento dos sinais de envelhecimento. Estas alterações ocorrem de maneira lenta e progressiva, incluindo todos os componentes da estrutura facial. Com a idade, o crânio fica menor, parte da gordura é absorvida, os músculos ficam mais flácidos e a pele perde elasticidade. É como se o envelope ficasse maior do que o conteúdo. Consequentemente, vários sinais característicos como acentuação das rugas na testa, queda das sobrancelhas, excessos de pele e rugas ao redor dos olhos, queda das bochechas, acentuação do sulco entre o nariz e a boca e um excesso de pele embaixo do pescoço podem aparecer.

Muitos pacientes perguntam se existe uma idade apropriada para realizar a cirurgia de face. A melhor resposta é quando os sinais de envelhecimento ficam evidentes mesmo após o repouso e com a aplicação de maquiagem. Em geral, os melhores candidatos para esta cirurgia são pessoas com sinais iniciais de flacidez na face e pescoço, elasticidade da pele relativamente preservada e uma estrutura óssea forte e bem definida. A maioria dos pacientes estão entre os 40 e 60 anos, embora esta cirurgia possa ser realizada com ótimos resultados em idosos. A ritidoplastia pode fazer com que você pareça mais jovem e pode melhorar a sua auto-estima. Porém, a cirurgia não é capaz de modificar totalmente a sua aparência nem devolver a saúde e vitalidade da juventude. Portanto, pense cuidadosamente sobre as suas expectativas antes da cirurgia e discuta-as com o cirurgião.

27 de mar de 2014

Mamoplastia Redutora

O QUE É A CIRURGIA DE REDUÇÃO DE MAMA?
Também conhecida como mamoplastia redutora, a redução de mama remove o excesso de gordura, o tecido glandular e a pele para atingir um tamanho de mama proporcional com o seu corpo e aliviar o desconforto associado com seios muito grandes.

Melhore a aparência com a cirurgia de redução de mama.
Seios excessivamente grandes podem causar, em algumas mulheres, problemas emocionais e de saúde. O peso do tecido mamário em excesso pode prejudicar sua capacidade de levar uma vida ativa. O desconforto emocional e o autoconhecimento, muitas vezes, associados a seios grandes e caídos, é um problema para muitas mulheres, pois podem causar desconforto e dor.

É INDICADA PARA MIM?
A cirurgia de redução de mama é um procedimento individualizado e você deve fazê-lo para si mesma, não para satisfazer os desejos de outra pessoa ou para tentar se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.


12 de mar de 2014

SUA SATISFAÇÃO VALE MAIS QUE OS CUSTOS DA CIRURGIA













Ao escolher um cirurgião plástico para realizar esse procedimento, lembre-se de que a experiência do cirurgião e seu bom relacionamento com ele são tão importantes quanto o custo final da cirurgia.

Faça perguntas ao cirurgião plástico

Use esta lista como um guia durante a consulta:

• Você é especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica?
• Você foi treinado especificamente no campo da cirurgia plástica?
• Quantos anos de treinamento em cirurgia plástica você teve?
• A instalação da sala de procedimento em seu consultório é autorizada pela Vigilância Sanitária de sua cidade?
• Sou um bom candidato a este procedimento?
• O que se espera de mim para que os melhores resultados sejam obtidos?
• Onde e como será realizado o procedimento?
• Qual técnica cirúrgica é recomendada para o meu caso?
• Quanto tempo de recuperação posso esperar, e que tipo de ajuda vou precisar durante minha recuperação?
• Quais são os riscos e as complicações associados ao meu procedimento?
• Como são tratadas as complicações?

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgias Plasticas.

Visite nosso site e marque sua consulta com o Dr. Davi Pontes : http://www.cirurgiaplasticaemfortaleza.com/
Telefone: (85) 4102-4444 ou 85825399


PREPARANDO-SE PARA A CIRURGIA

Previamente à cirurgia, poderá ser necessário:

• Fazer exames de laboratório ou avaliação médica,
• Tomar certos medicamentos ou ajustar os medicamentos atuais,
• Parar de fumar com bastante antecedência à cirurgia,
• Evitar tomar aspirina, antiinflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.

INSTRUÇÕES ESPECIAIS

• O que fazer no dia da cirurgia (tempo de jejum, medicações, banho),
• Informações sobre o tipo de anestesia a ser realizada durante o procedimento cirúrgico,
Orientações sobre os cuidados pós-operatórios.

O procedimento deve ser realizado em local seguro e confortável para o médico e o paciente, em centro cirúrgico autorizado pela Vigilância Sanitária, com equipamentos e equipe treinada para qualquer intercorrência.

VOCÊ PRECISARÁ DE AJUDA 
Não deixe de pedir a alguém que o acompanhe e fique com você, pelo menos, a primeira noite, após a cirurgia.

LIFTING BRAQUIAL

Lifting de braço, também conhecido como braquioplastia, reduz o excesso de pele e de gordura entre a axila e o cotovelo, remodela o braço deixando a pele mais lisa e com contornos suaves, resultando em aparência tonificada.

MELHORE A APARÊNCIA COM O LIFTING DE BRAÇO 
Oscilações no peso, envelhecimento e fatores hereditários podem fazer com que os braços fiquem com aparência flácida. O exercício pode fortalecer e melhorar o tônus muscular do braço, mas não trata o excesso de pele que perdeu elasticidade ou os tecidos subjacentes enfraquecidos e a gordura localizada.